Brigada Militar flagra 33.600 m² de destruição de vegetação nativa em Erebango
MEIO AMBIENTE
1.1K

Brigada Militar flagra 33.600 m² de destruição de vegetação nativa em Erebango

Por Alessandra Staffortti
10/07/2024 07:33
Compartilhar
        


Nesta terça-feira (09/07), a Brigada Militar, através do 3º Batalhão Ambiental (BABM), flagrou a destruição de vegetação nativa, provocada em duas áreas, no município de Erebango.

Após receber os alertas, emitidos pela plataforma MapBiomas, a equipe do 3º BABM realizou a inspeção nos locais indicados, conforme coordenadas geográficas.

Na primeira área, com uso de GPS e análise das imagens do satélite do Google Earth, os policiais militares constataram a supressão de vegetação nativa, pertencente ao Bioma Mata Atlântica, atingindo uma área de 8.000 metros quadrados. Conforme a vegetação remanescente, pôde-se observar a destruição de árvores como Açoita-cavalo, Coqueiro-Jerivá, Canela, Timbó, Taquara (Olyra latifolia) e Fumeiro-bravo.

Já na segunda propriedade, flagrou-se a supressão de vegetação nativa, em três áreas distintas, totalizando 25.600 metros quadrados. Foram destruídas árvores, conhecidas popularmente por Pata-de-vaca, Canela, Camboatá, Timbó, Açoita-cavalo, Coqueiro-jerivá, Unha-de-gato e Fumeiro Bravo.

Os proprietários foram identificados e não possuíam as, respectivas, licenças ambientais para realizarem as intervenções nas áreas. Ambos foram autuados e responderão pelos crimes ambientais.

O desmatamento e o uso irregular do solo causam muitos impactos ao meio ambiente, atingindo todos os seres vivos, prejudicando a biodiversidade e influenciando nas mudanças climáticas.

Comando Ambiental: O Braço Verde da Brigada Milita

.

3º BABM | Erechim




Notícias Relacionadas