Anthony e Pietro Dalanora Piroli, conheça os irmãos que são promessas no motocross gaúcho e nacional.
ESPORTES
2.6K

Anthony e Pietro Dalanora Piroli, conheça os irmãos que são promessas no motocross gaúcho e nacional.

Jovens pilotos do motciclismo acumulam diversas conquistas.

02/04/2024 17:50
Atualizado: 02/04/2024 17:56
Compartilhar
        


Filhos de Eder Piroli (Neti) e Silvia Dalanora, Anthony, 12 anos, e Pietro, 15 anos, convivem diariamente com o ambiente do motociclismo desde muito cedo, seu pai o Neti, proprietário da Kimotos sempre foi um praticante e apoiador das modalidades Off-road e agora vê o despertar do talento em seus dois filhos na modalidade de motocross e outros esportes radicais do motociclismo.

Ambos os jovens motociclistas começaram a prática do esporte com motos de pequenas cilindradas, iniciando com 50cc e gradualmente evoluindo para motos com motor e estrutura maior e ainda mais potente. Atualmente Anthony é da categoria 65cc e Pietro já participa de competições com motos de 250cc.

Anthony foi vice-campeão gaúcho na sua categoria no ano de 2022 e ocupou a terceira colocação no Sul Brasileiro 2023, por hora, o #222 treina em Tapejara e em algumas cidades vizinhas sob supervisão e instrução de Neti e já mostra um potencial enorme dentro do esporte.

- É muito gratificante praticar esse esporte e ter uma família que me apoia muito, meu pai desde sempre me apoiando e me incentivando nesse esporte e meu irmão que é um ótimo piloto e me ajuda em várias coisas – revelou Anthony.

- As expectativas são muito boas estou em terceiro lugar no campeonato gaúcho de motocross e quinto lugar no brasileiro de motocross atualmente. Quero terminar esses dois campeonatos em posições boas, no gaúcho de motocross quero brigar pelo título e no brasileiro de motocross quero manter o pódio nas etapas - Finalizou o caçula de Neti.

Pietro treina em diversas pistas da região, inclusive, nesta primeira semana de abril ele está no estado de São Paulo, mais precisamente na cidade de Atibaia no CT Machito School conhecendo novas pistas, terrenos e desenvolvendo ainda mais suas habilidades.

O piloto #161 é patrocinado pela Husqvarna Motrocycles conta com treinamentos de seu pai, o Neti, e também do professor e piloto Leo Lizott (#194).

Confira a lista de títulos que Pietro acumula desde 2016:

-2016, com 8 anos:

*Campeão RS MX 50cc;

*Campeão RS VX;

*Campeão Copa Norte;

-2018, com 10 anos:

*3° Lugar RS MX;

*Campeão BR VX;

*Campeão Sul Brasileiro VX

*Campeão RS VX;

*Campeão Copa Norte VX;

-2019, com 11 anos:

*Vice-campeão BRMX;

*Campeão RSMX;

*Campeão Sul Brasileiro MX;

-2020, com 12 anos:

*Campeão RSVX 85cc;

*Vice-campeão BRVX 85cc;

-2021, com 13 anos:

*Campeão PR MXJR;

*Campeão do Mini Race;

*3° Lugar BRMX;

-2022, com 14 anos:

*Campeão RS MXJR;

*Campeão RS MX2 Interno;

*Vice-campeão RS MX2 JR;

*Vice-campeão BRMX JR;

-2023, com 15 anos:

*Campeão BR MXJR;

*Campeão Sul Brasileiro MX2;

Além de um vasto histórico de títulos e pódios, Pietro lidera a categoria MX2 e é o 3° colocado do ranking na MX2 JR e MX1.

Para Pietro, “é fundamental acreditar muito em si mesmo e treinar e se dedicar muito”.

- É bom conhecer várias pistas em diversos lugares até fora do Brasil e é muito divertido mas exige muito treino e dedicação. – Contou o piloto #161.

A rotina de treinamento de Pietro é bastante intensa, indo de práticas na pista a exercícios de academia específicos para auxiliar no seu melhor desempenho.

O pai dos jovens competidores e promessas do motociclismo, Neti, se diz muito orgulhoso do trabalho realizado pelos meninos:

- É uma emoção ver meus filhos trilhar o mesmo caminho que trilhei – Destacou Neti.

Além de incentivador, o pai de Anthony e Pietro treina os pilotos e os leva nas mais diferentes competições pelo estado e pelo país.

Jornalismo esportivo Rádio Tapejara.




Notícias Relacionadas