Número de nascimentos atinge o menor patamar desde 1977 no Brasil
PAÍS
665

Número de nascimentos atinge o menor patamar desde 1977 no Brasil

30/03/2024 07:52
Compartilhar
        


O Brasil registrou 2,54 milhões de nascimentos em 2022, uma queda de 3,5% na comparação com 2021 (2,63 milhões). Esse é o quarto recuo consecutivo no total de nascimentos no País, que chegou ao menor nível desde 1977.

Os dados são das Estatísticas do Registro Civil, divulgadas nesta quarta-feira (27) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Todas as regiões apresentaram queda nos registros de nascimentos ocorridos em 2022. Porém, o percentual foi superior à média nacional no Nordeste (-6,7%) e no Norte (-3,8%). Sudeste (-2,6%), Centro-Oeste (-1,6%) e Sul (-0,7%) completam a lista.

Entre as unidades da Federação, a Paraíba apresentou a maior queda (-9,9%), seguida por Maranhão (-8,5%), Sergipe (-7,8%) e Rio Grande do Norte (-7,3%). Santa Catarina (2%) e Mato Grosso (1,8%) foram os únicos Estados que apresentaram aumento de registros de nascimentos.

Março foi o mês com mais nascimentos, com 233,17 mil, seguido por maio (230,79 mil), enquanto outubro teve o menor número (189 mil).

Na análise dos registros de nascimentos ocorridos em 2022, de acordo com as idades das mães, a pesquisa confirma a tendência de mulheres tendo filhos mais tarde, embora a predominância ainda seja na faixa de 20 a 29 anos (49,2%).

.

Fonte:

O Sul




Notícias Relacionadas