Descarte de medicamentos: Tapejara tem pelo menos oito locais de recebimento
SAÚDE
902

Descarte de medicamentos: Tapejara tem pelo menos oito locais de recebimento

Campanha nacional busca conscientizar sobre descarte correto

15/04/2024 15:38
Compartilhar
        


Uma campanha de nível nacional, lançada neste mês, tem o objetivo de conscientizar a população sobre a importância de fazer o descarte correto de medicamentos não utilizados. A iniciativa, desenvolvida por grupos da sociedade civil, recebeu o nome de “Remédio: não usou, descartou” e faz um alerta sobre os impactos à saúde e ao meio ambiente provocados pelo descarte desses produtos em locais inapropriados.

Em Tapejara, pelo menos oito pontos estão aptos a receber remédios vencidos e não utilizados gratuitamente. De acordo com o setor de Assistência Farmacêutica da Prefeitura, todas as Unidades Básicas de Saúde possuem locais para descarte de fármacos. Os produtos são destinados à UBS Central e, depois, recolhidos por uma empresa especializada no ramo.

Além do descarte correto, é importante tomar medidas que evitem o excesso de sobras de medicamentos, conforme orienta a farmacêutica responsável pelo setor, Elisa Aita Artusi Tres. “Fazer uso racional de medicamentos: comprar ou retirar somente a quantidade que vai precisar para o tratamento e fazer o tratamento correto, considerando o tempo e a frequência do uso. Tem muitos pacientes que abandonam o tratamento de antibiótico, por exemplo, sem finalizar, porque os sintomas melhoraram. O que, inclusive, acaba gerando uma resistência bacteriana”.

Ainda conforme a Assistência Farmacêutica da Prefeitura, mensalmente são descartados corretamente entre 12 e 14 quilos de medicamentos por meio dos pontos de coleta das unidades de saúde.

Jornalismo Rádio Tapejara




Notícias Relacionadas