Mulher que matou marido a facadas em 2017 é absolvida pelo júri em Passo Fundo
JUSTIÇA
886

Mulher que matou marido a facadas em 2017 é absolvida pelo júri em Passo Fundo

Quatro testemunhas foram ouvidas no decorrer do dia

10/04/2024 13:11
Compartilhar
        


Rose Mari Aquino, acusada de matar o marido Leonel Rodrigues Oliveira a facadas em 2017, foi absolvida pelo júri realizado no Fórum de Passo Fundo nesta terça-feira (9). O Ministério Público não deve recorrer da decisão.

Ao longo do dia, quatro testemunhas foram ouvidas, duas da defesa e duas da acusação. A ré foi acusada pelo Ministério Público em março de 2018. No texto, Rose é acusada de homicídio doloso consumado, com pena que varia de seis a 20 anos, conforme o Código Penal. Ela respondia pelo processo em liberdade depois de alegar que cometeu o crime em legítima defesa.

O crime aconteceu na noite de 30 de junho de 2017 na Avenida Rio Grande, Vila Industrial, quando a mulher desferiu golpes de facão contra a cabeça do homem, causando morte por traumatismo crânio-encefálico.

Conforme a defesa, Rose vivia em um relacionamento abusivo e já tinha sofrido agressões e ameaças à época. O casal tinha um relacionamento de oito anos, que iniciou após os dois se conhecerem no trabalho.

— Leonel já havia batido em Rose muitas vezes e, no dia dos fatos, não foi diferente. Ela apanhou durante o dia e também à noite, quando Rose preciso se defender para não morrer — afirmou o advogado da ré, Fabrício Lorandi Pinheiro.

Fonte: GZH / Passo Fundo




Notícias Relacionadas