Enterro de adolescente morta em Cacique Doble é impedido por grupo rival
POLÍCIA
2.1K

Enterro de adolescente morta em Cacique Doble é impedido por grupo rival

07/12/2023 07:36
Compartilhar
        


O clima segue tenso na Reserva Indígena de Cacique Doble.

O Vice-cacique Valmir Zenis ontem, pediu justiça pela sua sobrinha, a jovem Paola Rodrigues de 13 anos que foi morta em um conflito dentro da reserva, na última segunda-feira (04).

O pedido da liderança é que o Ministério Público Federal e a FUNAI sejam mais presentes para que esses casos não se repitam. “Estamos há anos denunciando essa barbárie que vem acontecendo aqui dentro”, disse o vice-cacique.

A família não conseguiu sepultar o corpo de Paola Rodrigues nesta quarta (06), no cemitério da aldeia. Quando os coveiros começaram a preparar o túmulo, foram recebidos por pedradas daqueles contrários à família da vítima. Diante desta situação, tiveram que sepultá-la em outro cemitério que fica a cerca de 3km da sede da reserva.

Ainda de acordo com Valmir, a comunidade está sujeita a um novo ataque pelo grupo rival.

O 3º Batalhão de Choque da Brigada Militar e Força Nacional continuam no local, mas mesmo com a presença dos policiais a família da jovem se sente insegura. O objetivo dos familiares é que as autoridades se juntem à liderança do Cacique Robson para que uma nova gestão territorial possa ser estabelecida na reserva.

.

Fonte:

R. Planalto




Notícias Relacionadas