15 outubro 2021 | 14h40
  1.0K
Compartilhar      
Mulher que teve o corpo incendiado em Erechim é transferida
Ela foi transferida para Porto Alegre, em uma UTI móvel

A mulher de 46 anos, que teve o corpo incendiado pelo ex-companheiro na noite do último dia 03/10, em Erechim, segue internada em estado grave e na noite desta quinta-feira, 14/10, foi transferida para Porto Alegre, em uma UTI móvel.

De acordo com os médicos, a mulher teve mais de 40% do corpo queimado, a partir da transferência para Hospital especializado. A previsão dos médicos é que ela permaneça internada por pelo menos seis meses.

De acordo com informações por volta das 20h30 do dia 03, o ex-companheiro da vítima, principal suspeito do crime, teria ido até a lanchonete ela trabalhava na primeira quadra da Avenida Tiradentes e arremessado um pote plástico contendo querosene para atear fogo no local e também na mulher, com o corpo em chamas a moça conseguiu correr para a rua onde foi socorrida por um integrante da Força Voluntária do Alto Uruguai que estava nas proximidades e também por um motorista que passava pelo local.

A mulher foi levada ao hospital e poucas horas depois o suspeito do crime foi identificado com auxílio de testemunhas e imagens de câmeras de segurança.

Diante dos fatos, o homem foi preso e segue detido no presídio Estadual de Erechim.

Fonte: Jornal Bom Dia

Copyright 2017 © Todos os direitos reservados - Rádio Tapejara FM 101.5. contato@radiotapejara.com.br
55.723.509 de acessos desde 2009