17 outubro 2020 | 12h54
  293
Compartilhar      
Aberta oficialmente a colheita do trigo no Rio Grande do Sul
Primeira estimativa revela uma produção de 2,1 toneladas

Foi aberta oficialmente nesta sexta-feira, 16/10, em Cruz Alta, a colheita do trigo no Rio Grande do Sul.

A solenidade, no campus da Universidade de Cruz Alta (Unicruz), contou com a presença do secretário estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), Covatti Filho, que representava o Governo do Estado do Rio Grande do Sul na solenidade.

“Já temos 18% de área colhida no Rio Grande do Sul neste momento e a nossa expectativa é de uma colheita boa, conforme a Emater estimou para este ano”, disse Covatti Filho.

A projeção da Emater/RS-Ascar aponta crescimento de 20,34% na área (915,7 mil ha) cultivada com trigo nesta safra, em relação à safra do ano passado (760,9 mil hectares).

Em relação à produção, a primeira estimativa é de que as lavouras gaúchas deverão produzir 2.189.837 toneladas, isso representa 4,23% a menos do que as 2.286.672 toneladas colhidas no ano passado, segundo o IBGE. O preço médio da saca de 60 quilos, praticado na semana de 12 a 16 de outubro no Rio Grande do Sul, é R$ 62,13.

A produção mundial de trigo na safra 2020/2021 é estimada pelo USDA em 773,1 milhões de toneladas, aumento em relação à safra anterior, quando foram produzidas 764,5 milhões de toneladas.

O Brasil permanece na 16ª posição no ranking dos maiores produtores mundiais, com produção estimada pelo USDA de 5,2 milhões de toneladas de trigo. Os cinco maiores produtores mundiais são a União Europeia (154 milhões/t), China (133,5 milhões/t), Índia (103,6 milhões/t), Rússia (73,6 milhões/t) e Estados Unidos (52,2 milhões/t).

O Brasil é importante produtor mundial, com produção estimada pela Conab de 6,8 milhões de toneladas de trigo em 2020.

Fonte: Governo do Estado

Copyright 2017 © Todos os direitos reservados - Rádio Tapejara FM 101.5. contato@radiotapejara.com.br
53.009.328 de acessos desde 2009