29 setembro 2020 | 14h48
  369
Compartilhar      
A dupla Gre-Nal precisa se ajudar mutuamente na Libertadores
Um depende da ajuda do outro para ambos passarem juntos

A noite de terça-feira, 29/09, será de uma realidade diferente do usual no Rio Grande do Sul.

O Inter poderá dar uma boa mão para o Grêmio se ganhar do América de Cali no início da noite. Um pouco antes, os colorados se darão por satisfeitos caso o Tricolor detone o Universidad Católica. Um depende da ajuda do outro para ambos passarem juntos, por antecipação, para as oitavas de final da Libertadores.

O lado ruim da nossa consagrada e histórica rivalidade gaúcha é o fato de alguns torcedores não reconhecerem que, por vezes, o bem de seu clube depende do sucesso do arquirrival.

É bobagem dizer que prefere não se classificar agora porque vê a chance do adversário há mais de 100 anos também passar adiante na competição. Esta é a hora de união por conveniência. Se é para tocar flauta, que deixem para depois "cobrar honorários" em caso de classificação dupla com ajuda mútua.

Da combinação de resultados possíveis, é mais fácil cobrar vitória do Grêmio, que joga em casa. Os tricolores ainda não saberão o resultado dos colorados e o tamanho da possível ajuda que poderá dar ao co-irmão. Depois disso, caberá aos gremistas uma boa torcida pelo Inter em Cali, ainda que com um empate.

Sem nenhum falso moralismo, mas apenas querendo que os times de Inter e Grêmio se classifiquem para a fase de oitavas da Libertadores, é hora de torcer para os dois — seja para quem tem o coração mais azul do que o céu ou mais vermelho do que o sangue. O choque na preferência, em termos de resultados, ficará bem pertinho para ser retomado com todo o fervor. Bastará esperar o sábado, quando, pelo Brasileirão, a dupla Gre-Nal estará em lados opostos mais uma vez.

Fonte: Gaúcha ZH

Copyright 2017 © Todos os direitos reservados - Rádio Tapejara FM 101.5. contato@radiotapejara.com.br
53.009.211 de acessos desde 2009