08 julho 2020 | 13h53
  479
Compartilhar      
SAMU recebe trote de acidente grave no bairro Petrópolis em Passo Fundo
Passar trote em serviços de urgência é crime

No início da tarde desta quarta-feira, 08/07, a equipe plantonista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foi acionada para atender um atendimento na Avenida Brasil, bairro Petrópolis, em Passo Fundo.

Segundo as informações repassadas à regulação médica do SAMU em Porto Alegre, uma vítima estaria no local, em frente a loja Havan, em estado grave, inclusive inconsciente, após uma colisão envolvendo uma bicicleta.

A equipe se deslocou rapidamente, enfrentando o caos do trânsito passo-fundense, e ao chegar ao local, foi constatado que apenas era mais um trote ao 192.

Passar trote em serviços de atendimento de urgência e emergência é crime. A prática já é prevista no Código Penal Brasileiro, que estabelece pena de detenção de um a seis meses ou multa para quem interrompe, ou perturba o serviço telefônico.

*Art. 340 – Provocar a ação de autoridade, comunicando-lhe a ocorrência de crime ou de contravenção que sabe não se ter verificado:

-Pena – detenção, de um a seis meses, ou multa.

-Auto-acusação falsa.

*Art. 266 do Código Penal – Decreto Lei 2848/40, apresenta o seguinte: Interromper ou perturbar serviço telegráfico, radiotelegráfico ou telefônico, impedir ou dificultar-lhe o restabelecimento:

-Pena – detenção, de um a três anos, e multa.

Fonte: Rádio Uirapuru

Copyright 2017 © Todos os direitos reservados - Rádio Tapejara FM 101.5. contato@radiotapejara.com.br
52.368.645 de acessos desde 2009