30 junho 2020 | 13h35
Atualizado em 30 junho 2020 | 17h02
  4.7K
Compartilhar      
Temporal bloqueia rodovias próximas a Tapejara; residências também foram destelhadas
Árvores caíram nas ERS-430 e 463

O temporal que ocorre nesta terça-feira, 30/06, ocasiona o bloqueio de vários trechos de rodovias da região.

Próximo a Tapejara, a queda de uma árvore provocou bloqueio da ERS-430, no trecho entre Tapejara e Santa Cecília do Sul, próximo ao entroncamento com a Perimetral em Tapejara. Também foi registrado bloqueio na ERS-463, na comunidade de São Domingos, logo após, a empresa Agrodanieli.

Ainda, conforme as informações dos Bombeiros Voluntários, em Tapejara cerca de 15 casas foram destelhadas em alguns bairros. Na comunidade do Coroado Alto, no interior de Tapejara, o salão e a capela da localidade tiveram parte da cobertura arrancada pelos fortes ventos. O salão está interditado e corre risco de desabar.

Na região

A situação mais crítica esteve em três trechos da ERS-153. A rodovia atingida fica entre Erechim e Getúlio Vargas, nos quilômetros 73, 74 e 76.

No início da tarde, o sargento Lazzarin da Polícia Rodoviária Estadual de Erech informou que a 153 estava totalmente bloqueada e a alternativa era transitar pela rodovia Transbrasiliana”.

Ainda segundo Lazzarin, os trechos bloqueados após quedas de árvores estão sendo liberados parcialmente, após a ajuda de cerca de 35 voluntários.

A região da via Laranjeira no interior do município de Marau, o forte temporal causou destelhamento em propriedades rurais e trouxe bastante estrago para moradores do interior.

Em Cacique Doble, ventos fortes destruíram construções e destelhando casas e arrancando árvores, causando enormes prejuízos no município. A cidade ficou sem energia elétrica e incomunicável.

Em Passo Fundo, foram registrados estragos e alagamentos nos bairros Vera Cruz, Valinhos, Leonardo Ilha, Zachia, Jaboticabal, Centro, além de várias localidades do interior do município e algumas empresas.

Já em Lagoa Vermelha, os bairros mais atingidos pelo temporal foram Gaúcha, Oliveira e Medianeira. Há árvores caídas e danos na rede elétrica. No interior, na localidade de Capão do Cedro, casas também foram destelhadas.

Sananduva teve vários danos materiais foram registrados. Uma equipe do Governo Municipal, Defesa Civil e Bombeiros Voluntários estão mobilizados e fazem o levantamento dos prejuízos. Em seguida devem se reunir para elaborar um plano de ação com o objetivo de atender aos atingidos e amenizar os estragos.

Em Barracão, os fortes ventos descobriram a cobertura do Hospital São Valentim.

Jornalismo Rádio Tapejara

Copyright 2017 © Todos os direitos reservados - Rádio Tapejara FM 101.5. contato@radiotapejara.com.br
52.193.090 de acessos desde 2009