30 junho 2020 | 09h30
Atualizado em 30 junho 2020 | 09h34
  1.5K
Compartilhar      
RS tem 6 óbitos por dengue. Confira a situação de Tapejara
Tapejara tem RISCO MÉDIO para dengue

Na semana de 22 a 26 de Junho, o Município de Tapejara realizou uma pesquisa entomológica para avaliar o índice de infestação do mosquito Aedes aegypti. Essa ação foi realizada, pois com o cenário atual de Pandemia, as ações de levantamento de índices (LiRAa) foram canceladas.

“Sabemos que para podermos tomar algumas medidas, é fundamental traçarmos estratégias nas localidades onde há maior infestação do mosquito Aedes,” afirma Amanda Negri, coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Tapejara.

O índice de infestação no município corresponde hoje a 2,3%, considerado risco médio pra um possível surto de Dengue; Zika vírus ou Febre Chikungunya, doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, sendo que a maior infestação está no Bairro São Paulo, seguindo do Centro, além disso, o que chamou mais atenção na coleta dos dados, foi que a maior infestação está nas bromélias com 33% das amostras coletadas e em caixas de coleta d´agua da chuva também com 33%.

Com essa pesquisa, podemos perceber que mesmo no período de inverno, onde tivemos muita oscilação de temperatura, a proliferação do mosquito Aedes continua. Lembramos a todos sobre a importância de manter os cuidados em relação a água parada, neste período de chuvas é fundamental tirarmos um tempinho do nosso dia para eliminar possíveis criadouros do mosquito.

- Lava sua caixa de água, mantenha vedada e adicione cloro;

- Lave as bromélias com jato de água uma vez por semana;

- Observe o acúmulo de água em ralos e adicione água sanitária;

- Mantenha os pneus em local coberto;

- Retire as folhas das calhas;

E lembrem-se para evitar casos em nosso município, todos devem fazer a sua parte!

Copyright 2017 © Todos os direitos reservados - Rádio Tapejara FM 101.5. contato@radiotapejara.com.br
52.193.059 de acessos desde 2009