25 março 2020 | 07h41
  321
Compartilhar      
Escolas estaduais do RS utilizarão plataformas digitais para manter alunos em atividade

Se celulares tiram a atenção dos alunos nas escolas, aplicativos de redes sociais se tornaram aliados do ensino público durante o período de paralisação das aulas por conta da pandemia de coronavírus.

A rede estadual de ensino do Rio Grande do Sul vai dar seguimento ao ano letivo de seus estudantes por meio do envio de conteúdos e exercícios por plataformas digitais. As escolas estão fechadas por decreto até o próximo dia 2 de abril e podem ter a suspensão estendida.

— Nós tivemos preocupação em não caracterizar este momento como um período de férias. É um momento de cuidado e conscientização, mas também uma oportunidade de desenvolver a criatividade. Tanto para os professores, por meio do teletrabalho e da formação continuada disponível no Portal da Educação, como para os alunos, que terão uma infinidade de conteúdos físicos e digitais para explorar seu conhecimento — destaca o secretário da educação do Estado, Faisal Karam.

Plataformas como WhatsApp, Facebook, Google, chamadas de vídeo e e-mail serão utilizadas para que professores sigam trabalhando com seus alunos à distância. A iniciativa também prevê envio de materiais físicos ou tarefas sem dependência do ambiente digital para estudantes que moram em zonas rurais e não tenham estrutura para acessar o conteúdo virtualmente.

Aulas de artes, matemática, física, química e robótica educacional já estão sendo ministradas nas chamadas "aulas programadas". O objetivo da Secretaria Estadual de Educação é manter a carga horária de trabalho para que alunos e professores não tenham prejuízo enquanto estão em casa.

Fonte:

Rádio Gaúcha

• O secretário não detalhou de que forma serão ministrados os trabalhos e nem quando inicia a distribuição de conteúdos.

Copyright 2017 © Todos os direitos reservados - Rádio Tapejara FM 101.5. contato@radiotapejara.com.br
51.867.977 de acessos desde 2009