14 novembro 2019 | 07h59
  157
Compartilhar      
Escola de Água Santa adere hoje à paralisação

Em reunião realizada na segunda-feira, 11 de novembro, os professores e funcionárias da Escola Estadual Cláudio Antônio Benvegnú de Água Santa, decidiram apoiar a paralisação proposta pelo CPERS sindicato, motivados pelo encaminhamento do projeto do governo estatual para aprovação da Assembleia legislativa, o qual, se aprovadas, será alterado o plano de carreira do magistério e a previdência, com perda de direitos a décadas instituídos.

Assim, diante desse quadro, alguns professores participarão, nesta quinta-feira, das atividades na capital gaúcha e os demais estarão na escola, porém sem aulas.

Na quinta, a assembleia dos professores decidirá se os professores entrarão em greve como protesto contra as reformas propostas.

Na segunda-feira, dia 18, após decisão da assembleia, o grupo de professores e funcionárias decidirá a posição da escola e posteriormente comunicará alunos e responsáveis.

A paralisação também tem como objetivo rejeitar uma possível redução de turmas e turnos na escola, como novas orientações do governo estadual, o que causaria alteração para muitas famílias que tem a opção de escolher o turno para os filhos estudarem.

A escola Cláudio Antônio Benvegnú está, a mais de um ano aguardando a nomeação de secretária e merendeira para suprir a demanda da mesma e que tem direito, e o governo não atendeu o pedido, para que o atendimento aos alunos seja o adequado para uma educação de qualidade.

Por:

Jovani de Césaro

Correspondente de Água Santa

Copyright 2017 © Todos os direitos reservados - Rádio Tapejara FM 101.5. contato@radiotapejara.com.br
50.424.013 de acessos desde 2009