11 julho 2019 | 13h25
  1.2K
Compartilhar      
Patram de Lagoa Vermelha flagra o corte de 37 araucárias
5 hectares destruídos e infrator já possui mais de 25 multas

A PATRAM de Lagoa Vermelha flagrou uma grande destruição de floresta nativa na comunidade de Tupinambá. O crime foi constatado após denúncia atendida pelos policiais do 4º Grupo de Polícia Ambiental de Lagoa Vermelha.

Ao chegar no local, foi possível ver a grande quantidade de destruição causada por máquinas pesadas, o que totalizou 4,67 hectares de mata nativa em avançado estagio de regeneração, fora de APP (Área de Preservação Permanente).

Além deste crime ambiental, o proprietário com o abuso de licença, visto que tinha permissão para descapoeramento e retiradas de alguns tocos, suprimiu cerca de 37 araucárias, sem a devida licença do órgão ambiental competente.

O infrator, segundo levantamento feito, já possui mais de 25 autuações por crimes cometidos contra o meio ambiente. Após ser notificado, foi encaminhado relatório para o Ministério Público e para a SEMA (Secretaria Estadual do Meio Ambiente).

Fotos Patram

Fonte Lagoa FM

Copyright 2017 © Todos os direitos reservados - Rádio Tapejara FM 101.5. contato@radiotapejara.com.br
50.093.457 de acessos desde 2009