10 maio 2018 | 15h51
  8.4K
Compartilhar      
Polícia Civil indicia 161 pessoas por crime eleitoral em Tapejara
Investigações iniciaram ainda em 2016

A Delegacia de Polícia de Tapejara concluiu o Inquérito Policial sobre a denúncia de compra de votos na última eleição municipal em Tapejara. A investigação policial apurou e indiciou 161 pessoas.

O delegado Venicios Ildo Demartini, em entrevista à Rádio Tapejara lembrou que a ação foi desenvolvida na última semana da campanha eleitoral de 2016. A força policial vistoriou os postos de combustíveis de Tapejara e das cidades pertencentes à 100ª Zona Eleitoral, para apurar a denúncia de compra e venda de votos através de vales combustíveis.

Venicios destacou que 161 pessoas foram indiciadas por supostamente terem recebido ou dado alguma vantagem no processo eleitoral - “Todas as pessoas foram ouvidas, mas nem todas confirmaram a participação no delito” frisou.

O delegado Venicios Ildo Demartini não citou o nome dos envolvidos, mas informou que candidatos eleitos também foram indiciados. Para Demartini existem provas expressivas do crime eleitoral e ele acredita na responsabilização dos envolvidos.

O delegado lembrou que vários inquéritos foram instaurados na última eleição e nesta semana o último inquérito foi finalizado.

O inquérito policial foi remetido à Justiça Eleitoral que agora deverá analisar a documentação. O Ministério Público Eleitoral vai definir se houve crime, se as pessoas serão denunciadas e qual a pena a ser aplicada. A lei eleitoral prevê punição tanto para quem vende como para quem compra o voto.

Jornalismo.

Copyright 2017 © Todos os direitos reservados - Rádio Tapejara FM 101.5. contato@radiotapejara.com.br
47.106.401 de acessos desde 2009