18 outubro 2017 | 16h23
  783
Compartilhar      
Taxista que matou o traficante é absolvido em Passo Fundo
Taxista foi condenado pelo porte ilegal de arma de fogo

O Taxista Paulo Sérgio Vieira Machado, conhecido como “Taxista Machadão” de 62 anos, que executou o traficante Everton Luiz Borges, vulgo “Chiquinho do Pó” de 35 anos, foi absolvido do crime de homicídio ontem (17) em júri popular no Fórum de Passo Fundo.

Machadão foi condenado, porém, pelo porte de arma, mas a prisão foi substituída por serviços comunitários. Machadão saiu do fórum já com alvará de soltura, sendo então liberado.

O Júri começou às 9h e terminou às 21h, tendo a presença do Delegado Regional da Polícia Civil, Adroaldo Schenkel, como testemunha falando sobre as últimas prisões de Chiquinho do Pó, que sempre andava armado. A defesa de Machadão ficou a cargo do advogado Roque Letti. O promotor que atuou na acusação foi Diego Mendes de Lima e o julgamento feito pela juíza Lisiane Marques Pires Sasso.

O crime ocorreu na madrugada do dia 12 de dezembro de 2015, quando os dois tiveram um desentendimento em frente a Boate Top, localizada na Avenida Brasil Leste no bairro Petrópolis.

Segundo consta em ocorrência policial, o taxista estava trabalhando e foi ameaçado pelo traficante, que estava na situação de foragido da justiça. Para se defender, Machado sacou um revólver e atirou na vítima, que morreu logo depois no Hospital São Vicente de Paulo.

Fonte: Rádio Uirapuru

Copyright 2017 © Todos os direitos reservados - Rádio Tapejara FM 101.5. contato@radiotapejara.com.br
44.442.454 de acessos desde 2009