17 outubro 2020 | 07h54
  200
Compartilhar      
Corpo de Bombeiros do RS lança editais para contratação de 600 guarda-vidas civis temporários

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul (CBMRS) lançou dois editais de processos seletivos para contratação de 600 guarda-vidas civis temporários, sendo 200 vagas para novos integrantes e 400 para profissionais já capacitados em alguma Operação Verão anterior. As inscrições para ambos concursos começam neste sábado (17) e podem ser feitas até 31 de outubro, por meio deste site.

As vagas para novos integrantes (edital de capacitação) estão divididas da seguinte forma: 150 para trabalho em águas de mar e 50 para águas internas — no momento da inscrição, o candidato deverá escolher a opção de sua preferência. Além dessas oportunidades, poderão ser remanejadas para esta seleção as vagas que não forem preenchidas no edital da recertificação, destinado a profissionais já capacitados.

Para participar das seleções, é preciso ser brasileiro, ter idade mínima de 18 anos e máxima de 55 no ato da inscrição, não ter sofrido condenação criminal com pena privativa de liberdade, ter concluído o Ensino Fundamental, estar quite com as obrigações eleitorais e militares e não ter sido desligado em edições anteriores a pedido ou por motivo disciplinar. Para as vagas de recertificação é necessário ainda ter concluído o curso de capacitação técnica e atuado na Operação Verão 2018/2019 e/ou 2019/2020.

Os candidatos aprovados deverão atuar de novembro de 2020 a abril de 2021, período que pode ser reduzido conforme as necessidades do CBMRS. Os guarda-vidas civis executarão funções relacionadas à atividade de salvamento aquático, sempre supervisionados e sob comando dos bombeiros militares, aos quais estarão, administrativa e operacionalmente, subordinados. A remuneração mensal é de R$ 2 mil.

As seleções são compostas de quatro fases:

1ª Fase – Habilitação de saúde (exame de saúde e mental);

2ª Fase – Habilitação física (exame de aptidão física);

3ª Fase – Sindicância de vida pregressa;

4ª Fase – Capacitação técnica (para novos integrantes) e recertificação técnica (para profissionais já habilitados).

A documentação necessária para contratação temporária e a lista de locais de atuação de salvamento aquático podem ser conferidas nos respectivos editais, que estão disponíveis neste site.

Fonte:

GZH

Copyright 2017 © Todos os direitos reservados - Rádio Tapejara FM 101.5. contato@radiotapejara.com.br
53.310.821 de acessos desde 2009